rss
email
twitter
facebook

segunda-feira, julho 30, 2007

O que se quer muito..


«Querer alguém, ou alguma coisa, é muito fácil. Mesmo assim, olhar e sentirmo-nos querer, sem pensar no que estamos a fazer, é uma coisa mais bonita do que se diz. Antes de vermos a pessoa, ou a coisa, não sabíamos que estávamos tão insatisfeitos. Porque não estávamos. Mas, de repente, vemo-la e assalta-nos a falta enorme que ela nos faz. Para não falar naquela que nos fez e para sempre há-de fazer. Como foi possível viver sem ela? Foi uma obscenidade. Querer é descobrir faltas secretas, ou inventá-las na magia do momento. Não há surpresa maior.

Os meus problemas, Miguel Esteves Cardoso

1 comentário:

joao disse...

É verdade Africa, as palavras do M. Esteves Cardoso não podiam ser mais certas. Só descobrimos a falta que nos faz alguém, depois de sabermos que esse alguém existe. Como pudémos viver até então na ausencia dessa pessoa? como foi possivel? enfim... a vida tem destes designios...

bj

Facebook